Posted 26 junho 2014, Há 1 mês | 1 307 notas | reblog this post
(originally realizes / via realizes)
Posted 26 junho 2014, Há 1 mês | 3 318 notas | reblog this post
(originally plenoss / via adverbios)
Posted 6 junho 2014, Há 1 mês | 8 162 notas | reblog this post
(originally hvger / via seex)
Posted 6 junho 2014, Há 1 mês | 19 743 notas | reblog this post
(originally feellng / via insexs)
Olhos fechados
Pra te encontrar
Não estou ao seu lado
Mas posso sonhar.
Os Paralamas do Sucesso.   (via oxigenio-dapalavra)
Posted 6 junho 2014, Há 1 mês | 6 101 notas | reblog this post
(originally sintoso / via oxigenio-dapalavra)
É você que eu sempre busco com minha gargalhada alta, com a minha perdição humana em festejar porque é preciso festejar, com a minha solidão cansada de se enganar. Não agüento mais os mesmos papos, os mesmos cheiros, as mesmas gírias, os mesmos erros, a volta por cima, o salto alto, o queixo empinado, o peito projetado pra frente. Não aguento mais fingir com toda a força do mundo que tudo bem festejar sem saber quem é você.
Tati Bernardi. (via inconstituida)
Posted 6 junho 2014, Há 1 mês | 10 506 notas | reblog this post
(originally auroriar / via inconstituida)
Posted 6 junho 2014, Há 1 mês | 5 261 notas | reblog this post
(originally abistratas / via appeaser)
A pior doença que um ser humano pode ter , é a solidão.
Cartas de um velho amor (via oxigenio-dapalavra)
Posted 6 junho 2014, Há 1 mês | 8 423 notas | reblog this post
(originally invenar / via oxigenio-dapalavra)
Posted 6 junho 2014, Há 1 mês | 974 notas | reblog this post
(originally realizes / via realizes)
Posted 6 junho 2014, Há 1 mês | 1 938 notas | reblog this post
(originally prometyda / via insexs)